Usando o Windows 8 CP Virtualizado

      9 comentários em Usando o Windows 8 CP Virtualizado

A Microsoft disponibilizou um preview aberto ao público para testar o novo sistema operacional Windows 8.

Você pode fazer a instalação sobre seu Windows 7, ou fazer a instalação em uma partição separada e ficar em dual boot, mas, esta não é uma opção que particularmente eu recomendo. Lembre-se que atualmente o Windows 8 ainda está em desenvolvimento, será lançado ainda em breve. Substituir sua versão atual licenciada por uma versão “temporária” em desenvolvimento não é algo que eu particularmente indico, por mais estável que você possa lendo em vários locais na web ou pela sua experiência atual.

Hoje a virtualização é uma realidade, não apenas para o mundo corporativo, mas também para todos os usuários. Assim que possível farei um post que explica melhor esta questão, quais as vantagens e todos os benefícios da virtualização.

Irei passar aqui um procedimento muito simples, verá como é tranquilo trabalhar com um sistema virtualizado.

Conheça o novo Windows 8 sem alterar o seu sistema operacional.

Antes de começar, você precisará de um software de virtualização e da imagem ISO do windows 8.

Há hoje várias opções, as mais conhecidas são: VMWare (versão vmware player free ou vmware workstation paga), “VirtualPC” (hoje utilizado como XP Mode no windows 7), VirtualBox (da Sun, comprada pela IBM).

Existem outras opções, mas aqui vou exemplificar a versão free (para uso pessoal) do software WMWare Player.

Pré-requisitos: Recomendo que seu equipamento tenha no minimo 4gb de memoria RAM e uns 80gb de espaço em disco.

1) Baixe o vmware player (atualmente na versão 4.0.2) em http://downloads.vmware.com/d/info/desktop_end_user_computing/vmware_player/4_0

Existe o vmware player para Linux também, a forma de baixar e instalar é diferente, mas o funcionamento do software é igual. Farei depois um novo post para explicar como instalar o wmware player em Linux.

2) Baixe a imagem ISO do windows 8 consumer preview em http://windows.microsoft.com/en-US/windows-8/iso

Importante: Não esqueça de anotar o Product Key!

Próxima etapa é instalar em seu computador o Vmware Player. Sem segredo, esquema NNF (Next-Next-Finish).

Com o VMWare Player instalado e a imagem ISO baixada, vamos por a mão na massa. Veja como é simples.

1) Abra o Vmware player e escolha a opção “Create a new virtual machine”.

2) Abrirá um assistente e escolha a opção “I will install the operating system later”. Você até poderia selecional direto a imagem ISO para instalação, seria pedido o Product Key, mas no registro poderia aparecer um pequeno problema. Para simplificar de um modo genérico, deixe para instalar o sistema operacional DEPOIS.

Criando nova máquina virtual

Criando nova máquina virtual

3) Na próxima tela do assistente, será solicitado que informe qual versão do sistema operacional você fará uso ou irá se basear. Escolha “Microsoft Windows” e versão “Windows 7”.

Escolha do Sistema Operacional

Escolha do Sistema Operacional - Baseado no Windows 7

4) Selecione o Local dos arquivos utilizados para virtualização, assim como o nome do sistema da máquina virtual. No padrão, tudo vai funcionar bem e facilmente você pode alterar o que desejar depois. Na minha configuração testei inicialmente com 1gb de memoria ram, funcionou tranquilo e assim mesmo depois alterei pra 2gb. O tamanho de disco inicial, recomendo utilizar até uns 60gb, o software faz alocação dinâmica, nada impede depois em alocar mais ou menos. Se preferir, pode alocar apenas 20gb que já funciona.

Nome e localização da máquina virtual

Nome e localização da máquina virtualArquivo do disco virtual - Alocação dinâmica

5) Na última etapa da criação da máquina virtual, é apresentado um resumo da sua configuração e se realmente desejar aumentar a alocação de memória (recomendo aumentar para 2gb de memória), clique em “Customize Hardware”. Se não quiser alterar nada, basta clicar em “Finish”.

Resumo configuração da máquina virtual

Resumo configuração da máquina virtual

6) Sua máquina virtual está pronta para uso, agora basta apenas instalar o sistema operacional – o que é mais simples ainda.

Ao iniciar a máquina virtual, uma tela preta aparecerá informando que nenhum sistema operacional foi encontrado. Então, clique em “Change CD/DVD Settings”, selecione o arquivo de imagem do Windows 8 (em “use ISO image file”) e clique em OK.

Selecionando imagem ISO

Selecionando imagem ISO

7) A partir deste ponto, faça normal a instalação do seu Windows 8 Consumer Preview, inserindo o Product Key.

Importante: Para uma melhor experiência com o VMWare, recomendo maximilizar a tela.

Assim que terminar toda instalação do sistema operacional, outra recomendação importante é a instalação do “VMWare Tools”.

Dúvidas ou sugestões, deixe seu comentário.

 

Boa diversão!!

Instalação do VMWARE Tools

Instalação do VMWARE Tools

Instalação do VMWARE Tools

Instalação do VMWARE Tools

Instalação do VMWARE Tools

Instalação do VMWARE Tools

SQL Server em modo single-user

      Nenhum comentário em SQL Server em modo single-user

O banco de dados “master” é o banco de dados dos bancos de dados, ou seja, para um servidor Sql Server é o coração.
É importante implementar com alguma frequência o backup dos bancos de sistema, como o master, model e msdb.
Havendo o serviço de replicação, faça também o backup do banco de replicação.
O banco tempb, não se aplica, pois é um banco “volátil”.

Continue reading

Atualização Galaxy Tab 10.1

      2 comentários em Atualização Galaxy Tab 10.1

Foi disponibilizado ontem (19/02/2012) a atualização para o Galaxy Tab P7500 (3g) e P7510(wifi) o honeycomb versão 3.2.
A atualização para o ICS (Ice Cream Sandwich) ainda não foi desta vez.

De cara se pode notar a alteração da imagem do botão voltar.
Em alguns aplicativos surge um novo botão de zoom, para aqueles aplicativos feitos para telas menores.

Segundo informações, há outras melhorias e correções, como maior velocidade, maior fluidez de interface, correção na rotação da tela, correção no wifi, menor consumo de bateria.

image

Atualização honeycomb 3.2

A atualização foi feita e está disponível na configuração do aparelho, via OTA – over the air.
Isto significa que você faz a atualização pela rede sem a necessidade de estar conectado a um pc.

O processo não é muito rápido, é recomendado estar com a bateria bem carregada.

Movendo bancos de dados de sistema

      Nenhum comentário em Movendo bancos de dados de sistema

Às vezes surge a necessidade de alterar a localização física dos arquivos de banco de dados, ou por um upgrade no servidor (novo disco) ou simplesmente por questão de organização da infra.

Num caso deste, não podemos simplesmente fazer um backup e seguir numa restauração destes bancos para alterar o path. Se for necessário fazer algo assim, o detalhe fica com o banco master, que para restauração é necessário subir o serviço de servidor de banco de dados em modo single user.  Em outro artigo entrou em detalhes sobre este procedimento.
A propósito, lembro aqui que o banco “tempdb”  é o único que não necessita de backup.
Bem, vamos lá.
Continue reading

Salve sua bateria

      Nenhum comentário em Salve sua bateria

Dicas para melhorar a vida útil da sua bateria.

Estas dicas são interessantes para aumentar a vida útil da bateria do seu notebook.

Apesar das dicas serem voltadas para o caso de notebook, podemos assimilar algo que se estenda a baterias de outros tipos de equipamentos.

1. Carga e Descarga.
O principal motivo da diminuição da vida útil da bateria tem como causa o calor, e não ciclos completos de carga.

O ciclo de vida é relacionado sim com o numero de recargas, mas este numero de recargas será menor se a bateria for submetida ao calor.

2. Aquecimento.
Complementando o que foi falado sobre ciclos de cargas e descargas, é preciso dar uma atenção especial ao aquecimento, que é prejudicial.

Deixar uma bateria ou equipamento exposto ao sol, é uma péssima pedida.
Nunca esqueça uma bateria dentro do carro, óbvio.

Não deixe seu notebook em cima de um travesseiro ou cobertor, a bateria também pode esquentar.

3. Calibração.
Em alguns equipamentos, a calibração da bateria é feita carregando a bateria completamente seguida de uma descarga completa e uma nova carga completa.

4. Manutenção.
Limpe os contatos de metal da bateria a cada 3 meses no máximo com um pano umedecido com álcool.

5. Bateria guardada sem uso.
Nunca deixe uma bateria sem uso por muito tempo. Use a bateria ao menos uma vez a cada 15 dias.

Muitas pessoas guardam a bateria por muito tempo e somente usam o notebook na tomada, achando que está fazendo o melhor para a bateria.

Em certo ponto, está correto.

Utilizar um notebook numa tomada é uma boa prática se voce precisa usar em um local que possui a tomada.

Deixe para utilizar a bateria quando não houver um ponto de energia proximo.

De qualquer jeito, o erro estaria em ficar meses ou anos com a bateria guardada sem uso.

6. Armazenamento.
Guarde sua bateria em algum local que seja limpo, seco e fresco.

Longe do calor e de algum objeto de metal.

Uma boa prática é guardar sua bateria com carga de 40% a 50%, pois durante o armazenamento mesmo fora de uso, a bateria descarrega.

7. Otimização por software.
Utilize um plano de gerenciamento de energia otimizado pelo sistema operacional.

Quanto maior o tempo de uso sem precisar carregar, em cada mês o numero de cargas é menor do que se não houvesse um plano definido.

Isto significa que voce aumenta a vida util por mais tempo, ganhando meses a mais de vida útil.

Estes são os pontos mais importantes e que mais dão impacto como boas práticas.
Gostaria de contribuir com mais alguma dica?
Qual destes pontos você não faz?

Basta comentar.

Espero que a informação ajude, grande abraço.

Os melhores aplicativos indicados para Android

      Nenhum comentário em Os melhores aplicativos indicados para Android

Em muitos sites da web você encontra listas e mais listas de “melhores aplicativos” para Android.

Aqui, para não ser muito repetitivo, vou apenas indicar aplicativos que atenderiam a maior parte dos usuários Android.

Lembro que assim como os aparelhos, os “melhores aplicativos” são aqueles que atendem às suas necessidades.

 

Conforme novos aplicativos forem surgindo, estarei atualizando a lista, mas desde que atenda a utilização básica de qualquer pessoa.

Qualquer outro aplicativo que seja indicado e que não esteja aqui, você pode sugerir deixando seu comentário – comentários são sempre bem vindos!!

REDES SOCIAIS/MENSAGENS/EMAIL/BATE-PAPO:

Facebook Messenger – serviço de mensagens instantâneas do Facebook.

  • Google+ – a rede social do Google.
  • Seesmic – App que combina as funções do seu Twitter e Facebook.
  • Viber – Cliente para chamadas em rede.
  • Facebook – Aplicativo oficial do Facebook.
  • Foursquare – Aplicativo oficial do Foursquare.
  • Twitter – Aplicativo oficial do Twitter.
  • Skype – Skype para o Android.
  • Facebook Messenger – um dos melhores programas para o uso do Windows Live Messenger (MSN) e Facebook.

TRABALHO:

  • RealCalc – Calculadora perfeita, com a opção de modo RPN.
  • Any.DO – Gerenciador de tarefas muito eficiente.
  • Do It Tomorrow – Gerenciador de tarefas rápido – tarefas para hoje e amanhã.
  • Wunderlist – Gerenciador de tarefas categorizadas e sincronizadas em nuvem.
  • Google Docs – Visualizador e editor de documentos do Google Docs.

E-READERS, NOTÍCIAS E RSS:

  • Amazon Kindle – e-reader de livros da Amazon.
  • gReader Pro – Um excelente leitor RSS, com funções de leitura offline.
  • PressReader – imensa lista de RSS e Jornais, incluindo edições brasileiras.
  • Google Reader – Leitor de RSS oficial do Google – embora o gReader HOJE parece melhor.
  • Listen – Leitor de Podcasts oficial do Google – o gReader também acessa podcasts.

MÚSICAS, FOTOS E VÍDEOS:

  • Netflix – Player de vídeo do Netflix.
  • YouTube – Aplicativo oficial do YouTube.
  • Tubemate – Captura vídeos e músicas do Youtube.

 

BANCOS:

UTILITÁRIOS:

  • Speed Test – Teste de velocidade da sua conexão, funciona na rede 3G e wifi.
  • Mercado Libre – Aplicativo do Mercado Livre.
  • eBay – Aplicativo do Ebay.
  • Correios – app para verificar o andamendo de encomendas dos Correios Brasileiros.
  • Evernote – aplicativo para anotações, com sincronização na nuvem.
  • CamScanner – scaner e criador de arquivos em PDF.
  • Google Goggles – reconhecimento de itens e produtos através de fotos.
  • Translate – Aplicativo de tradutor oficial do Google.
  • AndroZip – compacta e descompacta arquivos.
  • Barcode Scanner – leitor de códigos de barras.
  • MoreLocale 2 – App para adicionar a língua de preferência, caso o seus smartphone não a tenha por padrão.
  • Operadora DDD – App para selecionar/alterar automaticamente a operadora que você usa para fazer ligações.
  • Dropbox – Gerenciador de arquivos na nuvem (Cloud Management).
  • KeePassDroid – gerenciador de senhas e logins.
  • WordPress – ferramenta de edição e publicação para blogs.

LAUNCHER APPS & LOCKSCREENS:

 

Solução temporária Galaxy Tab 7 android 2.3.3

      Nenhum comentário em Solução temporária Galaxy Tab 7 android 2.3.3

A Samsung disponibilizou a atualização de alguns aparelhos galaxy tab 7 (GT-1000L) para a versão android 2.3.3 (de foyo para gingerbread).

Aqui no Brasil, nem todos aparelhos ainda foram contemplados com esta atualização.
A expectativa da atualização era obter um melhor desempenho.

No meu galaxy tab 7 a atualização foi feita no dia 06 de outubro de 2011 via KIES.
Aparentemente, houve realmente uma melhora no desempenho do equipamento.

Verifiquei com alguns amigos que possuem o equipamento e ainda não houve a liberação desta atualização, que suponho ser feita em breve.

Buscando informações na web, nota-se que muitos aparelhos não sofreram ainda a atualização.

Pude concluir até agora que os aparelhos que não foram atualizados foram aqueles adquiridos em operadoras ou aparelhos com apenas wifi (sem gsm).

Esta informação precisa ainda ser verificada.

Mesmo apresentando uma significada melhora na questão de desempenho no inicio, notei que com o decorrer do uso o desempenho do aparelho veio se degradando.

Analisando com mais calma, percebi que o consumo de memória estava extremamente alto.
Ao reiniciar o aparelho, com a memória ainda pouco utilizada, a performance voltava ao normal.
Com o tempo de uso, o problema persistia.

Quanto ao consumo de bateria, não pude notar melhora alguma.

Resumindo, a “tão esperada” atualização de rom para gingerbread, decepciona.

Algo precisava ser feito, o tempo passou e nenhuma outra atualização significativa surgiu.
Supondo que não há uma previsão de atualização, houve a necessidade de verificar com atenção o que tanto consumia a memória.
Na minha verificação, notei que os aplicativos “Orkut” e “Livraria cultura” (nesta ordem) estavam consumindo muita memória – mesmo sendo aplicativos nativos da ROM e que eu não utilizo.

A solução foi aplicar o root neste aparelho, com o intuito de remover estas aplicações.

Primeiro, apliquei o root, depois deixei as duas aplicações “congeladas” (freeze) para verificar se havia algum problema e se realmente a memória seria melhor utilizada.
Ao constatar que as aplicações poderiam ser retiradas sem problemas e que a melhora no consumo de memória seria eminente, fiz o backup das aplicações com a desinstalação na sequencia.

O root foi possível através das instruções no xda-developers.

Uma observação importante sobre o procedimento (acesso root) em aparelhos android :
Faça por sua conta e risco, tenha em mente que você poderá perder a garantia e que algum possível problema pode acarretar na perda do aparelho.

O aplicativo utilizado para desinstalar os aplicativos é o “System Tuner” , e para o funcionamento dele é necessário que o aparelho esteja com root.

Nestes links você encontra o procedimento para o root no galaxy tab 7 2.3.3.

http://droidangel.blogspot.com/2011/05/procedure-how-to-root-samsung-galaxy.html

http://forum.xda-developers.com/showthread.php?t=885734

Aplicativo para backup/desinstalação de aplicações nativas (use também por sua conta e risco) – versão freeware:

https://market.android.com/details?id=ccc71.pmw

Ética na tecnologia da informação

      Nenhum comentário em Ética na tecnologia da informação

Toda vez que apresento uma palestra ou treinamento de banco de dados sempre alguém apresenta a seguinte dúvida: “Qual é o melhor banco de dados da atualidade?”.

Perguntas semelhantes acontecem com alguns colegas que buscam informações baseadas na minha experiência.

– “Qual o melhor sistema operacional?”
– “Qual a melhor linguagem de programação?”
– “Qual o melhor smartphone?”

Para todas as perguntas, minha resposta é normalmente sempre a mesma.
Continue reading

Material de Estudo: SQL Básico

      2 comentários em Material de Estudo: SQL Básico

Na semana de estudos do curso de sistemas de informação da Unisa – que ocorreu em 2010, preparei um material de apoio básico e disponibilizei para acompanhamento aos participantes.

Deixo aqui neste post um link para o download deste material, caso seja útil para algum estudo.
É um material bastante básico, muito simples, bem resumido.

Deixei as apresentações em powerpoint dos anos de 2010 e 2011 juntas, são bem semelhantes porque em 2011 foi necessário reforçar uma revisão dos principais pontos de atenção tratados no ano anterior.

Apresentarei um novo post com o conteúdo para download do material demonstrado no laboratório em 2011 e apresentarei os pré-requisitos que utilizei nas apresentações práticas.

Bom proveito e até breve!

 

Arquivos para Download AQUI:

Material de Estudo – Banco de Dados SQL Basico (pdf)

Apresentacoes powerpoint SQL semana de estudo 2010 e 2011 (zip)